Dr. Rafael Arpini, em entrevista para a revista Malu tira dúvidas. Confira!

“A acne pode ser considerada uma doença de pele multifatorial e imunomediada com quadro clínico variado. É uma dermatose que se caracteriza por acometer a unidade pilossebácea e pode apresentar tanto quadros agudos quanto crônicos” Explica Dr. Rafael.

Dr. Rafael dá a dica de cuidados:

Limpeza com uma água micelar adaptada para pele com tendência à acne, auxiliará a remover partículas de poluição e sujidades remanescentes;

Lavar o rosto com um sabonete líquido adequado para peles acneicas, que possuem uma combinação de ativos específicos para controle da produção de sebo e desobstrução profunda dos poros;

Cosméticos mais modernos usam peptídeos no lugar de ácidos. Eles permitem maior penetração com menos agressão;

Filtro solar não comedogênico por cima do seu tratamento antiacne para impedir que o UV e a poluição se unam, piorando a inflamação e as lesões da acne adulta. Alguns tratamentos para a acne já incluem proteção solar de amplo espectro.

Divulgação: revista Malu disponível nas bancas.