1. O veganismo é uma tendência e está influenciando vários setores, inclusive o da beleza. O que são produtos de beleza veganos?

A sociedade vem se empedrando de forma gradual e levando suas demandas para a industria em busca de um consumo mais consciente. Na mundo da beleza não poderia ser diferente. Produtos veganos são um claro sinal disso. São considerados veganos os cosméticos ou produtos que nao possuem ingredientes de origem animal em sua composição, incluindo leite, colágeno ou até mesmo ceras. Também são livres de testes ou exploração animal. 

2.      Quais os benefícios dos cosméticos veganos?

O primeiro benefício claro é o consumo consciente e a sustentabilidade. Além disso, as matérias orgânicas de origem vegetal possuem todas as propriedades necessárias para se extrair os melhores ativos com diferentes funções. Hoje, com técnicas de bioengenharia genética, é possível se extrair as melhores características especificas de uma planta ou alga com objetivo funcional. Um exemplo chama-se Laminaria Ochruleuca, alga de mar profundo com características antiinflamatórias e de proteção da pele. 

3.      O que o levou à criação da Scientific Skin Tecnhology, fabricante de dermocosméticos? E o que são dermocosméticos?

A Scientific Skin Technology nasceu  com propósito de democratizar o melhor dos tratamentos estéticos com a idéia  de luxo consciente. Os melhores ativos internacionais extremamente concentrados com preços justos para o consumidor. Outro pilar importante foi a distancia entre as queixas encontradas nos consultórios e a oferta da indústria cosmética. Hoje, a indústria projeta e leva para os consultórios mas a Scientific inverteu essa lógica: Consultórios levam a demanda para a indústria. Isso aproxima mais os consumidores e suas queixas dos produtos e melhora os resultados. Para tal, foi desenvolvida uma linha de sete séruns de tratamento. Eles são dermocosméticos, ou seja, produtos mais concentrados e que, com seus ativos farmacológicos, penetram mais profundamente na pele trazendo resultados mais visíveis. 

4.      Quais os principais ingredientes de um cosmético vegano?

Uma série de ingredientes de origem não animal e cruelty free compõe os cosméticos veganos. Hoje temos como estrelas as vitaminas (A, B, C por exemplo) e os peptídeos. Estes são micromoléculas extraídas de plantas e algas capazes de altíssima penetração com pouca agressão à pele. São mais potentes e mais seguros. A Scientific trouxe, por exemplo, um dos primeiros clareadores desenhado para uso no verão. São exemplos de ação do peptídeos: antiinflamatória, antioxidante, clareadora,  anti-poluição e até mesmo anti-stress pela regulação do cortisol na pele. Extratos de resveratrol, chá verde, algas de mar profundo são exemplos de base para peptídeos e vitaminas. 

5.      Cosméticos veganos são para todas as idades?

Sim, encontramos na sabedoria da natureza tudo que precisamos para desenhar um cosmético para qualquer idade. Prébioticos podem equilibrar a pele de um adolescente com acne assim como o extrato de uma maçã suiça rara tem efeito regenerador para peles mais maduras. 

6.      Como os cosméticos veganos funcionam para a mulher na faixa dos 45 a 60 anos, vivendo a meia idade e com problemas como pele seca, linhas de expressão, flacidez, perda de viço, etc? Essas mulheres estão acostumadas a falar em botox, ácido hialurônico, vitamina C, etc.

Trouxemos conceitos da escola de beleza europeia para o desenvolvimento da linha. Isso significa menos procedimentos invasivos e uma pele tratada mas mais natural. Procedimentos estéticos ajudam muito quando feitos de forma ordenada e respeitando as características individuais. Com dermocosméticos, conseguimos democratizar esses resultados com excelentes resultados. Um peptídeo de ácido hialurônico de baixíssimo peso molecular é capaz de penetrar, alem de hidratar, proporcionar estímulo de colágeno com efeito retinol-like. Outros peptídeos trabalham no mecanismo da acetilcolina e tem efeito botox-like. Também usamos celular tronco da maça com efeito regenerador para viço, flacidez e linhas. Esses são exemplos claros de como a pele nessa faixa pode se beneficiar.  

7.      Como as brasileiras estão se comportando diante da tendência dos cosméticos veganos?

Acredito que o mercado brasileiro é muito maduro e consistente. Consumidoras estão atentas às melhores tecnologias e também exigem consciência e sustentabilidade, é um dos maiores mercados do mundo e tem demandas proporcionais para tal. O desafio é trazer as tecnologias para mais a mais pessoas com qualidade e preços acessíveis. 

8.      As consumidoras de cosméticos veganos são necessariamente veganas?

Não necessariamente. Muitas preferem pelas propriedades, pela sustentabilidade e por serem cruelty free. A possibilidade de uma indústria mais madura e sem uso ou maus tratos aos animais é hoje uma tendência ligada à tecnologia com luxo mais consciente.