“A Scientific Skin Technology assume parceria comercial com a Amaro, duas empresas com alta doses de sinergia estrutural, e cria novas possibilidades e experiencias de compra para seu público, ampliando atuação mercantil com o uso da tecnologia.A Scientific Skin Technology é uma marca de beleza nacional que tem como missão democratizar cosméticos de última geração. Criada e atuante em uma estrutura DNVB (“Digitally Native Vertical Brand“), em um ambiente de atuação totalmente digital, automatizado e integrado: desde a industrialização dos produtos até a entrega ao consumidor final. Este mesmo formato é utilizado pela Amaro, com características de D2C, o que insere esta parceria no aquecido mercado da beleza interna brasileira, a 4ª maior do mundo.Ser uma empresa D2C (“direct to consumer”) gera um maior dinamismo no atendimento ao cliente e possibilita um preço final mais justo. Toda comunicação entre a empresa e os clientes é feita de forma direta, sem interlocutores ou atravessadores. Esta comercialização reserva aos clientes condições de compra mais acessíveis, assertivas e com um grau de satisfação altíssimoA união de conhecimentos e a troca de informações representam uma atuação forte e direcionada, onde aponta suas diretrizes:• Entender o mercado digital e o de “skin care”.• Mais do que produtos. Uso o “storytelluing” para apresentar seus produtos, serviços e benefícios, além de criar uma cabal de troca de informações com clientes e analisando suas demandas.

• Criar fórmulas inovadores com preço justo.• O fundador da Scientific Skin Technology, Dr. Rafael Arpini já atua no mercado nacional da beleza.• Nasceu 100% digital, ações em midas, influenciadores e reconhecimento espontâneo da imprensa. Busca esclarecer sempre os consumidos., entender suas necessidades e demandas, norteando assim o desenvolvimento para novos produtos e serviços.A Amaro e a Scientific Skin Technology criam assim um padrão de consumo de beleza, construída na oferta real de produtos em suas lojas físicas e “on line”, com base nas demandas dos consumidores e com aquisição digital.”

Confira a Matéria no link abaixo: